resenha / review

Aathma – Avesta

Aathma é uma banda espanhola da cidade de Madrid criada em 2007 e sua formação atual conta com o Juan (guitarra, vocal), Mario (baixo) e Álex (bateria). Avesta é o terceiro álbum de estúdio, lançado no dia 20 de Janeiro pelo selo Odio Sonoro, sucessor do EP Deadly Lake de 2014,  conta com a presença do produtor Carlos Santos, parceiro de longa data da banda, e a masterização ficou à cargo do James Plotkin.

Em Avesta, a Aathma claramente segue seus instintos e entrega algo que se diferencia em certos aspectos de seus trabalhos anteriores. Isso geralmente é algo que me interessa, eu gosto de observar essas mudanças por mais drásticas ou simples que sejam, é um sinal de que a banda aspira por algo à mais e não deseja ficar estagnada.

Mesmo que Avesta não faça parte (até o momento atual) dos meus favoritos do ano, ele possui muitos aspectos positivos e uma sonoridade que me agrada. Gosto da maneira com que a banda molda um ritmo predominantemente intenso se apoiando em influências vindas do Sludge e Stoner e que são muito bem complementados pelo desempenho versátil do vocal, isso tem um efeito impactante em faixas como “Mah” e “Hvare”, ambas não poupam nossos ouvidos de todo o peso distribuído pelo instrumental e vocais operando em linhas alternantes. E até mesmo quando a banda caminha pelo seu lado experimental na “Ken Za”, onde as distorções ganham mais destaque, toda exuberância se mantém presente.

Outro ponto positivo em Avesta, é a forma como a banda introduz variações tanto no ritmo quanto no tom do instrumental. Seções mais diretas e timbres devastadores cedem espaço para passagens nas quais a banda demonstra um lado menos bruto, algo que pode ser notada em alguns instantes do álbum e principalmente na faixa de encerramento “Avan”, aquela que apresenta a composição mais ambiciosa entre as seis faixas presentes.

Avesta é um álbum direcionado para aqueles que apreciam variáveis do Stoner / Sludge, prezando pelo instrumental pesado e composições afiadas. Mais um lançamento interessante vindo da cena espanhola no ano.

 

Tracklist:
01 – Mah
02 – Mithra
03 – Atash
04 – Ken Za
05 – Hvare
06 – Aban

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s