resenha / review

FORMALIST – NO ONE WILL SHINE ANYMORE

Quando quatro músicos experientes vindos das cenas do Black, Doom, Sludge e Ambient/Drone da cena italiana se reúnem num projeto, o mais comum é esperar algo que englobe as formas mais extremas e horrendas que a música pode incorporar. Bem, essa seria apenas minha linha de raciocínio mais comum, e caso você tenha pensado algo parecido, trate de conferir a Formalist e seu álbum de estreia No One Will Shine Anymore, que será lançado no dia 16 de Março (também conhecido como amanhã) via Wooaaargh Records, Toten Schwan e Third I Rex.

Ferdinando Marchisio (Forgotten Tomb), Nicola Casella e Riccardo Rossi (Malasangre) e Michele Basso (Viscera///) se reúnem para dar vida à uma manisfestação extrema e doentia englobando Sludge, Drone e Doom, e se ao ler essas três palavras você pensou em bandas como Burning Witch e Thou, você está no caminho correto para apreciar um dos álbuns mais destrutivos lançados no ano até o momento.

Levando em conta que ambos membros tem um passado ligado tão fortemente à bandas que integram cenas mais extremas e tortas do metal italiano, não é surpresa o álbum soar tão coeso e desfrutar de composições bem elaboradas dentro da abordagem escolhida pelo grupo. E desse modo, ‘Arson’, ‘Foul’ e ‘Mainlined’, as três oferendas da Formalist no álbum, tem um efeito destrutivo imediato, mas também tem a capacidade de proporcionar uma imersão dentro dessa onda sonora angustiante e esmagadora que emana do disco.

O instrumental segue o típico nessa combinação entre Sludge/Drone/Doom, apresentando ritmos arrastados e dando ênfase no timbre hipnótico e corrosivo utilizado na guitarra. A marcha decadente pelas três faixas é marcada por uma atmosfera hostil e niilista que te absorve lentamente, ganhando vida através da abordagem vocal áspera e insana de Marchisio, que trata de catalisar toda carga emocional contida nas letras.

Por se tratar de um tipo de abordagem que figura entre minhas preferências, No One Will Shine Anymore é um álbum que eu obviamente irei destacar entre os pontos altos do ano. Mas mesmo que suas preferências se diferenciem das minhas, eu ainda diria que vale muito conferir a experiência criada nesse projeto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s