resenha / review

Anna Von Hausswolff – Dead Magic

Embora a alma desse blog esteja atrelada à determinados estilos musicais que vocês sabem muito bem quais são, eu nunca deixo de trazer coisas que saem um pouco da proposta dele ou que mesmo não sejam necessariamente tão incomuns se formos analisar as influências que vigoram nesses álbuns “atípicos” que vez ou outra dão as caras por aqui. E a razão desses álbuns estarem presentes por aqui não é nenhum mistério, eu sempre procuro expandir e equilibrar aquilo que escuto, não fechando os olhos (nessa caso os ouvidos) à lançamentos que naturalmente me interessam e que eu gostaria de recomendar para vocês. O mais recente deles é o Dead Magic da artista sueca Anna Von Hausswolff.

Dead Magic é o quarto álbum de estúdio dela (que ainda conta com dois Ep’s) e provavelmente aquele pelo qual eu tenho uma maior identificação com a expressão musical criada por ela. Lançado no dia 2 de Março (e sim, eu estou um pouco atrasado com esta resenha), Dead Magic carrega aquela ideia do post-qualquercoisa que marcou seus dois últimos álbuns de estúdio, assim como expandir e explorar as já conhecidas raízes do Darkwave, Neoclassical e Rock Experimental presentes ao longo da discografia da Hausswolff.

0006059542_10

Se você está tentando imaginar como é o som feito por ela, a melhor referência que eu poderia lhe dar é um mix entre Swans, Chelsea Wolfe e artistas da cena drone (não o drone/doom de Earth, Sunn O))) e afins) , reunindo estruturas presentes nos discos mais recentes da lendária banda capitaneada pelo Michael Gira, com o lado mais Darkwave e Experimental da Wolfe, complementando com a imersão eletrônica do último. E isso é apenas um ponto de referência, pois além do fato que cada um desses artistas tem sua própria forma de se expressar musicalmente, Dead Magic tem uma identidade inconfundível.

O órgão é um elemento chave na música da Hausswolff (o utilizado no álbum é um modelo do século XX localizado numa igreja em Copenhague onde o disco foi gravado), e em Dead Magic, ele é responsável por nos dar boas vindas na faixa ‘The Truth, The Glow, The Fall’ que inicia o disco. Interessante observar que assim como o nome da faixa apresenta três momentos/situações, sua estrutura também partilha dessa ideia. Focando numa ambientação profunda e com requintes sombrios e melancólicos nos quais o órgão serve como plano de fundo para os vocais etéreos deslumbrantes de Hausswolff, a faixa atravessa uma seção angelical que te pega pela mão e te conduz à um final onde paisagens sonoras distorcidas se pintam através da mistura entre elementos do noise e post rock, além do vocal angustiante de Hausswolff.

A faixa seguinte é a ‘The Mysterious Vanishing of Electra’, provavelmente a mais acessível do disco. A faixa vai se soltando aos poucos, mostrando um lado mais vibrante e emocional que aposta em um ritmo repetitivo na bateria e as atenções se voltam para as vocalizações incríveis utilizadas pela Hausswolff e as guitarras que vão se misturando aos efeitos e ao órgão, criando um folk apocalíptico que eu poderia escutar o dia inteiro.

As três faixas que completam o álbum são marcadas por uma presença e utilização maior do órgão, assim como uma quantidade maior desses elementos do neoclassical e composições mais focadas na ambientação em si do que propriamente serem faixas convencionais que você irá dissecar logo na primeira audição. A extensa ‘Ugly And Vengeful’ é o ápice de todo o álbum e mostra a Hausswolff expandindo ainda mais as possibilidades do disco, utilizando bem sua paleta musical rica e apresentando uma criatividade única. ‘The Marble Eye’ e ‘Kallans ateruppstandelse’ são duas obras instigantes e profundas, que apostam na amenidade criada pelos teclados e no vocal etéreo de Hausswolff  para entregar uma sublimidade final tocante ao disco.

Algumas vezes caótico, outras pacífico, abraçando a escuridão e logo após caminhando em direção à luz, Dead Magic da Anna Von Hausswolff equilibra os extremos e opostos em grande harmonia.

a3291194671_16

Tracklist:

01 – The Truth, The Glow, The Fall
02 – The Mysterious Vanishing of Electra
03 – Ugly And Vengeful
04 – The Marble Eye
05 – Kallans ateruppstandelse

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s