Recomendações

Black Box Warning, High Priestess & Boss Keloid

Após um atraso considerável, retorno com três novas recomendações de discos que tenho escutado ultimamente. Dessa vez, trago do Doom/Sludge dos Black Box Warning, a pegada setentista encontrado linhas psicodélicas do Doom Metal das High Priestess, e encerrando com a diversidade incrível e encantadora dos Boss Keloid. Espero que gostem!

Black Box Warning – Attendre La Mort

a3655056586_16

A Black Box Warning é mais uma das boas novidades vindas da cena francesa neste ano. A banda lançou seu EP de estreia intitulado Attendre La Mort no dia 8 de Março e se você aprecia bandas que transitam por elementos clássicos do Doom e Sludge dos anos 90, mas que mantenham uma roupagem mais atualizada, você definitivamente precisa ouvir o trabalho desses caras.

Attendre La Mort vai direto ao ponto, é pesado à níveis arrasadores e insanos, sujo da forma que aprecio minhas bandas favoritas de Sludge, e ainda mostram musicalidade de sobra sendo capazes de criar faixas com diversas variações rítmicas que impedem que a experiência proposta pela banda se torne exaustiva. Pelo contrário! Esses caras tem a medicação ideal para você que se sente apático e preso à monotonia, então certifique-se de consumir este EP sem moderação.

High Priestess – High Priestess

a3690867671_16

As High Priestess são um power trio americano formado em 2016 e que recentemente se juntou à família da Ripple Music para lançar seu trabalho de estreia auto intitulado no dia 18 de Maio.

O álbum traz uma releitura da demo lançada no último ano e mais a faixa inédita ‘Banshee’. Caso este seja o seu primeiro contato com a banda, espere por uma sonoridade que reúne influências que vão desde bandas dos anos 70 assim como algo da cena Doom Metal de outras épocas, apostando em uma linha mais psicodélica para fomentar sua sonoridade.

Os vocais são um dos pontos que mais despertaram meu interesse, trazendo linhas hipnóticas e cânticos que em alguns momentos soam como um verdadeiro mantra. Na estelar ‘Earth Drive’ com sua pegada inspirada no folk é onde se encontram um de seus momentos mais deslumbrantes. E a performance instrumental não fica atrás em questão de qualidade e versatilidade, moldando uma atmosfera nebulosa e psicotrópica que te levam desde momentos de pura euforia e libertação, à outros que trazem uma áurea sombria que vai te envolver completamente, como na ‘Mother Forgive Me’, minha favorita do álbum.

O álbum é estonteante e definitivamente vai satisfazer o gosto de muitos aficionados pelo estilo, então tenha certeza de incluí-lo em sua playlist, e claro, ficar de olho no que esse trio vai lançar futuramente!

Boss Keloid – Melted on the Inch

a1812805677_16

Se você gosta de bandas que transitem por vertentes pesadas da música com uma série de influências do rock progressivo, você precisa parar tudo o que estiver fazendo e escutar o Melted on the Inch, mais novo trabalho da banda britânica Boss Keloid.

Honestamente, você deveria escutar toda discografia, mas por hora, Melted on the Inch é um cartão de visitas mais apropriado. Criatividade e inspiração são duas coisas que exalam de cada trecho deste álbum, é uma banda capaz de reunir uma série de dinâmicas e influências dentro de um único contexto, criando uma tipo de música que está sempre se transformando e expandido.

Melted on the Inch é algo que pode e deve explodir sua mente. À todo instante a Boss Keloid vai te lançando de encontro a paisagens sonoras vibrantes, criadas à partir de um processo de instrumentação rico em detalhes e vasto. Queira você belos arpejos de guitarra, linhas de baixo e percussão numa pegada jazzy, ou vocais que mudam constantemente o tom par se encaixar no clima do álbum, Melted on the Inch é um álbum único e que vem para reforçar a presença da Boss Keloid entre as bandas mais criativas não só da cena britânica. Se você é fãs de bandas como Elder e Mastodon, você precisa ouvir a Boss Keloid.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s